Pitch vs Nomad @ Arrábida (14-01-2015)

Um passeio planeado há muitos muitos meses que nunca chegou a ser concretizado. Até agora!
A Nomad do Parente desafiou a Pitch do careca para um all-day na Arrábida no que se previa ser um dia recheado de singles, subidas, saltos, pedras, drops... tudo o que a malta do "é duro" tem direito.

Desta vez cedi a GoPro para mostrar a perspectiva de outro cockpit que já estão todos fartinhos de ver o meu frigorífico com rodas.

Começámos por aquecer um pouco pelos Picheleiros até ao alto da Madalena para ter um primeiro vislumbre do que a serra nos ia oferecer hoje e só vimos foi nevoeiro... lá tivémos de o gramar nas primeiras horas da manhã mas depois de percorrermos o trilho da falésia e o chico das saias (que tem a saia toda cagada de lama nesta altura do ano esse desgraçado), lá o sol mostrou a cara e acompanhou-nos ao trilho maravilha no Vale da Rasca. Aproveitámos para secar as luvas pendurando-as na mochila porque a vegetação húmida tratou de nos ensopar um bocado logo no início do passeio.

Dali fomos até ao trilho do mestre no Alcube e essa palavra mágica obriga à paragem da praxe na adega... o branquinho fresquinho do Alcube é imperdível e sendo o Parente um gajo do norte carago, mal eu bebi meio copo já o homem tinha quase vazado a garrafa toda sozinho! Que esponja, ide lá ide...
Não há dúvidas que o melhor para dar mais "flow" é ir com uns copos! lol. Fizémos curvas cá com um style...
E o melhor de tudo é que depois de vermos bem o fundo à garrafa é que fomos para os trilhos mais hardcore do dia: pista do sol e pista das antenas DH em Palmela... se um cromo não é bom das ideias, dois muito menos! Mas pronto o mal estava feito. Soube bem é o que importa.

Fui dando avisos ao Parente que vinha na minha roda para estar à espera dos obstáculos mas mesmo assim no final da pista do sol, naquele sitio de sempre e sempre da mesma maneira com todos, a roda da frente zás... não é preciso dizer o final pois não? Felizmente foi um pequeno deslize sem gravidade.
Depois do briefing no início das antenas apontámos as bikes para o maior desafio do dia e limpámos a pista com muita tranquilidade porque o dia era de passeio e não valia a pena estar com grandes abusos.
Já na recta final e depois de tantas horas em cima da bike o ânimo era só um: a merecida torta de azeitão no final de tudo!

O enterro do Parente está para breve. Arrumei com mais um! ehehehehe

Vídeo Partilhado por:
Ver Perfil
Portugal BTT
O que acha deste Vídeo:

Comentários: