AMEN Cezaredas | Dropolândia (10-06-2015)

Depois de tantos clips que já tinha visto gravados pelo "Tinric", eis que chega o dia em que me faço à estrada com o convite aceite para uma visita a este spot. Vi no evento publicado no facebook que iria ter uma boa adesão e não podia faltar a um encontro deste calibre. 

Puro AM-EN (ALL MOUNTAIN ENDURO) entre muita rocha dura e pura!!! My kinda stuff...

Não é habitual fazer viagens tão longas para dar umas pedaladas mas valeram totalmente a pena os 100km percorridos até lá! Quando uma pessoa bate muito a mesma zona chega o momento em que a vontade de conhecer trilhos novos é mais forte e tem mesmo de ser. 

O acumulado nesta zona não é demasiado e talvez por isso surpreenda ainda mais pela quantidade de trilhos existentes num espaço tão curto. Pelo que dizem ainda ficaram a faltar percorrer uns quantos mas para quem não conhece, só neste percurso enche-se mesmo muito bem o papinho. Fiquei a delirar com 3 trilhos mais técnicos por onde meti as rodas e nota-se bem no video quais foram pois são os que têm maior destaque em tempo de filmagem. 

Depois de umas voltas na parte inicial em terreno mais plano, eis que chegamos a pendentes mais inclinadas e quando chegou o momento, meti-me atrás da roda do Mota. 
É um dos riders que conheci recentemente que mais admiro em termos de flow/velocidade: o homem domina a bike com uma arte soberba! E foi graças a isso que pela primeira vez que visitei este spot, indo na roda pela linha dele consegui igualar o melhor tempo e ficámos ambos a partilhar o KOM no trilho da Azenha, um dos que mais adorei em toda a manhã. 
Em tom de brincadeira ainda pedi desculpa ao Tinric que andou quase 1 ano nesse trilho a tentar melhorar o tempo para se classificar em 1º, ehehehehe! :-P

Parámos no final desse trilho para abastecer junto a uma cascata e depois toca a subir já com as energias repostas. Lá no alto junto às eólicas fomos a outro dos melhores trilhos da manhã que conta com uns switchbacks potentes e termina numa diagonal super-mega-longa até ao riacho. Não me lembro de nenhum trilho onde não tivesse de dar uma única pedalada numa secção de recta tão comprida e divertida! 

Por fim depois de mais umas voltas e de mais uma subida daquelas de rezar que acabem rápido - mas nunca mais se vê o fim - rufam os tambores com a antecipação da nossa chegada à famosa dropolândia! Pelo nome não é preciso dizer mais nada. Apenas rezar!

Amen... doins!

Vídeo Partilhado por:
Ver Perfil
Portugal BTT
O que acha deste Vídeo:

Comentários: